O guia de Chamonix Mont Blanc: dicas para aproveitar a cidade mais charmosa dos Alpes Franceses

Chamonix Mont Blanc é a romântica e charmosa cidade localizada no coração dos Alpes Franceses.

Além disso é muito conhecida por ser uma das melhores e mais visitadas estações de esqui do mundo.

Acho que todo mundo já ouviu falar sobre o Mont Blanc (nem que seja aquela famosa marca de canetas).

Para quem não conhece, essa é simplesmente a montanha mais alta da Europa, com 4810 metros de altitude que fica bem na divisa entre a França, Suíça e Itália.

Apesar de ser um paraíso para os praticantes de esqui e snowboard, quem não curte muito este tipo de esporte não vai se sentir deslocado Chamonix (e não Charmonix).

Há outros passeios e atividades bem interessantes, para todas as idades, além da excelente gastronomia alpina e do centrinho charmoso repleto de lojas de marcas renomadas.

Mont Blanc

Esse guia é destinado aos viajantes que desejam aproveitar uma cidade que tem um clima gostoso de inverno com neve, mas que não necessariamente praticam ou até mesmo não gostam de esportes radicais.

Continue lendo para saber mais sobre:

  1. Informações básicas que você não pode deixar de conferir antes de ir
  2. Qual a melhor época para conhecer os Alpes Franceses
  3. Como chegar em Chamonix Mont Blanc
  4. Como escolher o hotel perfeito para tornar sua viagem inesquecível
  5. Quais os programas mais interessantes da cidade (inclusive para não esquiadores)
  6. Dicas dos melhores restaurantes da região.

Gostou do que vem por ai nesse artigo? Então que tal dividir as dicas com seus amigos lá nas suas redes sociais.


Porque escolhemos conhecer Chamonix Mont Blanc?

Chamonix MOnt Blanc Mer de Glace trem

Chamonix Mont Blanc foi a última escolha de cidade ao montarmos o roteiro da nossa viagem pela França, que incluiu uma semana só para Paris e também a região da Ausácia, fronteira com a Alemanha.

Você pode, inclusive, ver dicas do que fazer em Paris nesse post aqui.

Na busca de outros lugares do território francês que seriam interessantes para se conhecer em março, descobrimos Chamonix Mont Blanc no blog Conexão Paris.

Ficamos encantados com as fotos e a descrição do lugar.

E acho meio difícil você, que já viu pelo menos uma foto das montanhas todas cobertas de neve também não se encantar.

A não ser que você tenha um coração meio peludo, né? :- )

Chamonix Mont Blanc centro 2

O MELHOR DE CHAMONIX MONT BLANC
O mais impressionante de Chamonix Mont Blanc, é, sem dúvida, a vista! No centro, para todo lugar que se olhe é possível contemplar a cadeia de montanhas cobertas de neve, que em junção com a arquitetura alpina de chalés com telhados de madeira e dos pinheiros espalhados viram um deleite para os olhos.

E falando em preparativos, você está pensando em ir ou ficou com vontade de ,quem sabe um dia, colocar seus pés na neve francesa?

Se sim, as informações que vamos trazer agora serão extremamente úteis na organização da sua viagem.


O básico de Chamonix Mont Blanc: informações que todo viajante precisa saber antes de ir

Chamonix Mont Blanc trem

Muitas vezes ficamos tão empolgados com um destino que só nos preocupamos com o que vamos fazer por lá.

Mas para não correr o risco de esquecer de algo importante para o bom andamento da sua viagem, listamos abaixo algumas coisas que você precisa saber antes de pisar nos pés do Mont Blanc.

1. Documentos necessários para a viagem

A regra aqui é a mesma para quem vai a praticamente qualquer lugar na Europa: seu passaporte precisa estar válido por mais de 3 meses após deixar o país a ser visitado.

2. Língua

Obviamente por estar na França, fala-se francês. E por ser uma cidade essencialmente turística, inglês é falado em quase todos os hotéis e estabelecimentos comerciais.

3. Moeda

Como a França faz parte da União Européia, sua moeda oficial é o Euro. Use esse site aqui para fazer a conversão de reais para euros.

4. Voltagem

A voltagem em toda a França é 220V. E não esqueça de levar um daqueles adaptadores universais de tomadas para viagens.

5. Segurança

Tranquilidade é uma palavra que descreve bem toda a região dos Alpes Franceses.

Andamos sem preocupação alguma por lá, por ser uma cidade pequena e com clima de interior.

6. Internet e telefone

A maioria dos estabelecimentos no centro oferece Wi-Fi gratuito.

Além disso, o Office du Tourism de Chamonix oferece conexão gratuita em alguns pontos da cidade, como a estação de partida do Auguille du Midi e em todos os escritórios do Office du Tourism, inclusive os das cidades próximas.

Também usamos o chip para internet móvel da Orange e o serviço funcionou bem o tempo todo.

7. Serviços úteis

Guarde esses endereços com você, para o caso de precisar de algum serviço específico:

Office du tourism
Saber onde fica o escritório de turismo de uma cidade pode ser útil seja para comprar imgressos para atrações ou pedir informações.

Endereço: Place du Triangle de l´Amitié, 85
Horário de funcionamento: todos os dias

Bancos e casas de câmbio
Os bancos de Chamonix são facilmente encontrados no centrinho da cidade.

Só é necessário ficar atento ao funcionamento das agências, já que algumas fecham no domingo e na segunda e outras na segunda e terça.

Em caso de emergência
Esperamos que você não precise nem ler este item. Mas é sempre bom saber a quem recorrer, então em caso de emergência dique 18.

Mais telefones e informações de serviços emergenciais você encontra aqui

Localização de Chamonix Mont Blanc

Chamonix Mont Blanc mapa

Fonte: Office du Tourism Chamonix Mont Blanc

Chamonix Mont Blanc está localizada na região de Rhônes- Alpes, que tem como capital a cidade de Lyon.

Faz parte do departamento de Alta Saboia , e junto com outras cidadezinhas vizinhas, como Les Houches, Servouz, Vallorcine e Argentière forma o Vale de Chamonix Mont Blanc.

Outras cidades próximas a Chamonix são:

• Genebra, na Suiça (82 km)
• Annecy, na França (100 km)
• Turin, na Itália (115 km)
• Lyon, no teritório francês (158 km)

Que tal receber um Guia gratuito repleto de dicas de viagem?  É só cadastrar seu email aqui embaixo e voilá!


Qual a melhor época para ir

Chamonix Mont Blanc dicas

Clima: quem disse que só de frio vivem os Alpes Franceses?

Nem mesmo em uma estância de esqui faz frio o ano todo. Temperaturas na casa dos 15 graus tanto no outono quanto na primavera.

Já no verão, sobre um pouco mais, com máximas médias de 24 graus, mas registros frequentes de até 30 graus.

Como não poderia deixar de ser, no inverno o bicho pega , e as temperaturas negativas entre -7 e -8 graus te obrigam a usar um “casaquinho” para andar pelas ruas.

Mas ficar hospedado em locais gelados tem lá suas vantagens. Em uma noite da nossa estadia, queríamos tomar champanhe, mas o quarto não tinha frigobar.

Solução?

Colocar a garrafa na varanda. Com temperatura de 2 graus de madrugada, pergunta se não gelou para o dia seguinte?

Quando ir a Chamonix Mont Blanc

Por ser um local altamente visitado, é um programa indicado para qualquer estação do ano, até mesmo no verão.

Não importa a estação do ano, O Mont Blanc terá um pouquinho de neve em seu cume, para a alegria da turistada.

As atrações de Chamonix, como já disse no começo do artigo, vão muito além dos esportes típicos de inverno.

Por isso na estação mais quente do ano saem de cena o esqui e o snowboard e entram o alpinismo ou trilhas pelas montanhas.

Fomos em março, no início da primavera. Nesta época, fica muito mais fácil fazer alguns dos passeios às montanhas, porque a visibilidade é bem melhor.

Além de não precisar enfrentar filas enormes para as atrações e conseguir preços melhores na hospedagem.

No outono também é assim.

Outra vantagem são as temperaturas mais amenas (pegamos máxima de 18 graus e mínima de 3) mas a paisagem ainda está enfeitada de branco.

Por incrível que pareça foi o lugar mais quentinho de toda nossa viagem pela França e pela Inglaterra.

Outra cidade que também é perfeita para curtir um friozinho no estado de São Paulo,  é São Francisco Xavier, distrito de São José dos Campos e um tesouro escondido da Serra da Mantiqueira.

Quanto tempo ficar para curtir a cidade?

A resposta é: depende.

Para quem não pratica nenhum esporte e só quer passear pela cidade,duas a três noites estão de bom tamanho.

É tempo suficiente para conhecer os principais pontos turísticos, passear bastante pelo centro e jantar em dois restaurantes bacanas.

Agora para quem esquia, esse tempo pode ser bem maior; vai de acordo com seu gosto pela prática.

A grande parte dos “atletas” dedica a manhã para o esporte e no fim de tarde lotam as ruazinhas e bares do centro.


Como chegar em Chamonix Mont Blanc

Chamonix MOnt Blanc centro

Carro

A maneira mais fácil de chegar em Chamonix Mont Blanc é alugando um carro usamos a Sixt Rent a Car.

O carro torna a viagem mais flexível, pois é possível fazer paradas estratégicas, conhecer cidades interessantes no caminho e circular com maior facilidade entre as cidades do Vale de Chamonix.

Como estávamos hospedados na região da Ausácia, fronteira com Alemanha, optamos por ir de carro pelo território Suíço.

Assim faríamos uma viagem não tão longa (5 horas com várias paradas) em estradas muito boas, pagando apenas um único pedágio (40 francos).

E com direito a paisagens cinematográficas (com vaquinhas, riachos azulados, montanhas nevadas e tudo mais). Nem sentimos as 5 horas de viagem!

Ônibus ou shuttle saindo do aeroporto de Genebra

Outra opção é chegar pelo aeroporto de Genebra e de lá pegar um ônibus ou shuttle, com tempo de viagem estimado em uma hora.

De ônibus

A SAT-Montblan faz a viagem do aeroporto de Genebra a Chamonix por 24 euros só ida ou 48 euros ida e volta. (sempre bom checar valores no site).

As opções de horários você encontra nesse link aqui

De Shuttle

Uma das empresas que prestam este serviço é a CVT. Os preços começam em 30 euros para viagens compartilhadas.

Trem

Gosto muito de viajar de trem pela Europa. Acho rápido, prático e confortável.

Só abolimos esta opção porque dentro de todo roteiro de viagem,ir até Chamonix de trem não seria uma boa escolha.

Mas para quem está em Paris ou Lyon, por exemplo, eu recomendaria usar o TGV.

Fiz uma simulação no site da SNFC (empresa de trens que opera na França) só para que vocês tenham uma ideia de preço de passagens e duração da viagem.

Saindo de Paris:

enter image description here

Saindo de Lyon:

enter image description here

Para mais opções de datas, horários e cidades, acesse o site da SNFC


Quer conhecer dicas de viagens de vários outros especialistas no assunto? Veja aqui a seleção especial que fizemos dos melhores blogs de viagens do Brasil.

Onde se hospedar: saiba por quê a escolha do seu hotel é tão importante para aproveitar os Alpes

Chamonix MOnt Blanc Les Campanules

Nossa escolha de hospedagem: Les Campanules, em Les Houches

O que não faltam são opções de hospedagem para todos os gostos e bolsos em Chamonix.

No entanto, fomos para lá no fim do inverno (março), final de alta temporada e 90% dos hotéis já estavam ocupados e os poucos disponíveis estavam a preços exorbitantes.

Assim, tivemos que expandir nossa procura para os vilarejos próximos.

Encontramos o Les Campanules, em Les Houches, a 10 minutos de carro deChamonix, nesse ótimo post do Ducs Amsterdan (um dos meus blogs preferidos).

O Daniel Ducs, inclusive, detalha melhor o que tem para fazer em Les Houches.

Como estávamos com o carro alugado neste período, o fato de não termos nos hospedado em Chamonix não foi problema algum.

Aliás nos economizou alguns euros ( e na atual conjuntura muitos reais).

Pagamos 119 euros na diária por um quarto bem ao estilo dos chalés alpinos, até meio antigo e rústico, mas com uma vista espetacular para o Mont Blanc (dica do Ducs também) que compensou e muito.

Chamonix Mont Blanc Les Campanules 2

Outra ponto forte do hotel é a cozinha, modesta mas muito saborosa tanto no café da manhã (com muita variedade e principalmente panquecas deliciosas) e o jantar muito bem servido pelos simpáticos e atenciosos proprietários do hotel (tudo cobrado a parte).

Poder comer no hotel a preços razoáveis nos poupou um pouco de gasolina de ter que ir e voltar o tempo inteiro a Chamonix, já que em Les Houches realmente não havia nada funcionando.

Vale a pena experimentar o fondue de lá, acompanhado por um bom vinho da casa!

Chamonix Mont Blanc Les Campanules 3

Indicado para: quem quer um quarto com vista para o Mont Blanc mas sem pagar preços exorbitantes. E quem está de carro ou não se importa em ficar hospedado fora de Chamonix.

Endereço: 450 rte de Coupeau – 74310 Les Houches
Faixa de preço: 60 a 190 euros
Telefone: +33(0)4 50 54 57 23
E-mail: campanules.hotel@gmail.com

<< Clique aqui e faça já sua reserva>>
 

Hôtel Mont-Blanc: o vencedor do Travellers` Choice Award 2016

Chamonix Mont Blanc Hotel Mont Blanc
Fonte: site do hotel

Esse hotel 5 estrelas, localizado bem no coração de Chamonix, abriu recentemente suas portas após 2 anos de reformas.

Conta com 40 quartos e a decoração faz um mistura do estilo alpino com o moderno e high tech. Sem deixar de ser aconchegante.

Nas áreas comuns do hotel encontram-se Bar/Lounge, o restaurante Le Matafan, SPA Clarins, academia, piscina e banheira de hidromassagem.

Oferece wi-fi gratuito, estacionamento, translado para o aeroporto, serviço de Conciergerie e funcionários multilíngues

Indicado para: quem quer estar no centro de Chamonix, gosta de luxo e não economiza na hora de se hospedar.

Endereço: 62 Allée du Majestic -74400 Chamonix Mont-Blanc
Faixa de preço: 270 a 1410 euros
Telefone: +33(0)4 50 53 05 64
E-mail: info@hmbchamonix.com

<< Clique aqui e faça já sua reserva>>

Héliopic Hotel e Spa

Chamonix Mont Blanc Heliopic
Fonte: site do hotel

Localizado bem aos pés do Aiguille du Midi e a 5 minutos de caminhada do centro, esse hotel 4 estrelas oferece wi fi gratuito e translado para o aeroporto.

O charme fica por conta da piscina indoor, além da sauna, hidromassagem, área de relaxamento com lareira, salão de chá e loja de equipamentos de esqui.

Indicado para: quem quer um lugar agradável para relaxar depois de esquiar, com conforto mas preços mais acessíveis.

Endereço: 50 pl de l’Aiguille du midi 74400 Chamonix-Mont-Blanc
Faixa de preço: 85 a 400 euros
Telefone: +33(0)4 50 54 55 56
E-mail: reservation@heliopic.com

<< Clique aqui e faça sua reserva>>

Le Morgane Boutique e Hotel

Chamonix Mont Blanc Le Morgane
Fonte: site do hotel

Aqui é atrativo é a vista para o Mont Blanc e a localização privilegiada no centro comercial de Chamonix.

Além disso oferece piscina, spa, quadra de tênis, o bem cotado restaurante Le Bistro, wi fi e estacionamento grátis.

Indicado para: quem não quer nem pensar em pegar o carro durante a estadia em Chamonix.

Endereço: 145 av. de l’Aiguille du Midi 74400 Chamonix-Mont-Blanc
Faixa de preço: 100 a 360 euros
Telefone: +33(0)4 54 53 55 56
E-mail: reservation@hotelmorganechamonix.com

<< Clique aqui e faça sua reserva>>

Hotel Le Chamonix

Chamonix Mont Blanc Le Chamonix
Fonte: site do hotel

Todos os quartos são decorados no estilo alpino e claro que a melhor parte da decoração só poderia ser a vista para o próprio Mont Blanc.

No Le Chamonix grande vantagem é o preço em comparação a outros hotéis do centro. E oferece wi fi gratuito.

Fique esperto: nada de elevador por aqui.

Indicado para: se preocupa muito mais com a localização e preço do que com luxo.

Endereço: 11, rue de l’hôtel de ville – 74400 Chamonix
Faixa de preço: 75 a 188 euros
Telefone: (+33) 04.50.53.11.07
E-mail: hotel-le-chamonix@wanadoo.fr

<< Clique aqui e faça já sua reserva>>


O que fazer: passeios que vão além da prática de esportes radicais

Centro Chamonix Mont Blanc

Por ser uma das melhores estações de esqui do mundo, muitos são atraídos pelas variadas pistas espalhadas pela região.

No entanto, nós não esquiamos. E como tínhamos apenas um fim de semana na região, preferimos outros passeios (vai que alguém bem desastrado quebra a perna, sei lá).

Passeio no Mer de Glace (Mar de gelo)

Chamonix Mont Blanc Mer de Glace

Em vez descer pelas famosas pistas de esqui, fomos conhecer Mer de Glace(Mar de Gelo), o maior glacial da Europa.

Para se chegar até lá, o jeito mais fácil é ir no trem vermelho bem fofo que demora em torno de 20 minutos para chegar na estação que fica no topo.

O ticket custa em torno de 30 euros e dá direito a visita ao museu que conta algumas curiosidades sobre o Mer de Glace (achamos bem interessante), a uma exposição de rochas e cristais, e a um teleférico.

Chamonix Mont Blanc teleférico Mer de Glace

Inclusive, o teleférico além de transportar os esquiadores, leva os visitantes para uma Caverna de Gelo bem no meio do glacial.

Chamonix Mont Blanc Caverna de Gelo

Mas para chegar lá ainda é preciso descer (e subir tá, caso não tenha ficado óbvio) 400 degraus de escada. Desculpa ai!

Chamonix Mont Blanc Mer de Glace escadaria

Subida ao topo dos Alpes Franceses

Chamonix Mont Blanc Auguilli du midi
Outra opção de passeio é a subida de teleférico no Auiguille du midi, o ponto mais alto da Europa (reparam que é tudo MAIS nesse lugar).

O ponto de observação fica a 3.777 metros de altitude, o que possibilita uma vista 360 graus doa Alpes franceses, suíços e italianos.

Infelizmente não fizemos esse passeio pois já estava anoitecendo (funciona até 17 horas). E o preço é bem salgado para a compra avulsa: 56 euros por pessoa.

Mas é possível achar o Ski Pass, que dá direito a usar todos esses meios de transporte/passeios por um dia ou mais, de acordo com sua necessidade.

Inclusive o blog Na Placa escreveu um artigo sobre como chegar ao topo do Mont Blanc pelo lado italiano, pegando muito menos filas do que em Chamonix. Não deixe de ir lá para conhecer essa alternativa.

Chamonix Mont Blanc Mont Blanc

DICA ESPERTA
O Office du Tourism de Chamonix oferece gratuitamente um aplicativo para smartphones com informações práticas para o turista que visita a cidade. Nele é possível encontrar webcams dos pontos turísticos, mapas, condições das montanhas, informações sobre transporte, itinerários de moutain bike e muitos outros. O download pode ser feito tanto para Android quanto para IOS.

Clique aqui para baixar em Android

Clique aqui para baixar em IOS


Onde comer: não perca a extraordinária culinária alpina

Chamonix Mont Blanc vin chaud

Falando em comida, outro ponto alto dos Alpes franceses é a culinária!
Os pratos típicos da região são:

• Fondue de queijo acompanhado de pão e frios

• Raclette ,queijo raclette derretido na hora e acompanhado de batatas, picles e frios

• Tartiflette , batatas assadas com molho branco, queijo e bacon

E além dessas gordices deliciosas, o Vin Chaud ou vinho quente é a bebida perfeita para o clima frio.

Os melhores Restaurantes da região

Chamonix Mont Blanc fondue

Em Chamonix Mont Blanc há restaurantes de alta gastronomia, listados inclusive no famoso Guia Michelin.

Bares e cafés bem badalados estão espalhados pelo centrinho, onde os esquiadores se encontram para tomar uma cerveja no fim de tarde(no frio? vai entender…)

Atmosphère

A varanda coberta com vista para o rio e o Mont Blanc é a grande atração destes restaurante localizado no centro de Chamonix Mont Blanc.

No jantar, principalmente, é recomendado fazer reservas, em especial para sentar nas mesas que permitem apreciar a linda vista.

Endereço: 123, place Balmat 74400 Chamonix Mont-Blanc
Telefone: +33 (0)4 50 55 97 97
E-mail: info@restaurant-atmos.fr
Mais informações no site

La Calèche

O restaurante foi fundado em 1946 e ainda é administrado pela mesma família. A decoração traz muitas peças bem antigas, bem clima casa de vó suiça.

Sua especialidade são os pratos típicos da região da Savoia, mas também serve pratos da culinária francesa em geral.

Endereço: 18 r du Dr Paccard – BP 167 Chamonix Centre
Telefone: +33 (0)4 50 55 94 68
E-mail: contact@restaurant-caleche.com
Horário de funcionamento: todos os dias, do 12h-23h
Mais informações no site

Le Bistrot

O Le Bistrot é considerado um dos melhores restaurantes da cidade e fazparte do Hotel Morgane.

O cardápio pode ser definido como típico da região alpina, porém com toque originais e muita influência italina.

Endereço: 151 avenue de l’Aiguille du Midi, 74400 Chamonix
Telefone: +33(0)4 50 53 57 64
E-mail: lebistrot@montblanctourisme.com
Horário de funcionamento: todos os dias, do 12h-13h30 e das 19h-21h30
Mais informações no site

Bar Club La Chavanne

A comida acaba nem sendo a maior atração nesse bar, um dos poucos do seu tipo em Chamonix.

A pedida por aqui é aproveitar a música e agitação que rolam soltas no lounge do lado de fora.

Por estar localizado ao sul do Mont Blanc e do Mer de Glace, é perfeito para uma parada de descanso após um dia inteiro esquiando.

Endereço: Pont de la Flégère, 74400 Chamonix-Mont-Blanc
Telefone: +33(0)4 50 54 27 81
E-mail: thierry.pitois@serac.biz
Horário de funcionamento: todos os dias, das 9h ás 16h.
Mais informações no site

Le Cap Horn

Faz parte da lista de restaurantes do Guia Michelin, e além dos pratos tradicionais da culinária francesa, serve sushis e outros pratos com frutos do mar.

Endereço: 74 rue des Moulins, 74400 Chamonix-Mont-Blanc
Telefone: +33450218080
E-mail: reservation@caphorn-chamonix.com
Horário de funcionamento: todos os dias, do 12h-14h30 e 19h-00h
Mais informações no site

Chamonix Mont Blanc Dani e Fe

Vale muito a pena fazer uma visita a esse lugar magnífico pelo menos uma vez na vida.

Seja para aproveitar para praticar esqui ou snowboard, admirar a paisagem fantástica ou conhecer os pratos típicos dos Alpes.

Vale também aproveitar os vinhos regionais, passar um tempo a dois ou simplesmente ver a neve pela primeira vez na vida.

Ou até mesmo, quem sabe, receber um lindo pedido de casamento do amor da sua vida…

Devidamente aceito, é claro! : -)

Gostou das nossas dicas de Chamonix Mont Blanc?

Então não deixe de cadastrar seu email para receber muito mais dicas desse e de outros destinos.

Santista “naturalizada” paulistana há 10 anos, amo essa cidade de paixão. E percebi que não conheci quase nada do que ‘”Sampa” tem para oferecer e não vejo a hora de mudar esse quadro. Ao mesmo tempo quero continuar a explorar o mundo e dividir minhas experiências, dicas e opiniões aqui para quem sabe conseguir incentivar mais e mais pessoas a fazerem o mesmo.

28 Comments

  1. Marlise 12/02/2016
  2. Douglas 13/02/2016
  3. Francisco wellington 19/02/2016
  4. Eduardo Borges 18/05/2016
      • Bruna Montanari 11/10/2017
  5. Letícia Goulart 26/06/2016
  6. vitor 23/09/2016
  7. Ritielle Trindade 28/11/2016
  8. Raquel 12/12/2016
  9. Talita Fioravanti 16/01/2017
      • Talita Fioravanti 01/03/2017
  10. sylvio fernando 16/01/2017
  11. Fernando Novais 20/03/2017
  12. Marcelo 23/05/2017
  13. Sueli Bernardelli 20/08/2017

Deixe um comentário