A incrível arte de ser turista em São Paulo com o Vem pra Sampa Meu !

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0374

Comecei a perceber que tinha virado uma paulistana de verdade quando o “meu” e “velho” passaram a fazer parte do meu vocabulário.

Mas apesar de morar aqui há mais de 13 anos, ainda não conheço tudo. Ou melhor, percebi que conheço praticamente nada de São Paulo.

Que mania besta que a gente tem de não querer conhecer a própria cidade como um “turista”, né?

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0344

 

Afinal, vamos combinar que o Mercadão, a Paulista e o Jardim Botânico não vão desaparecer de uma hora para outra, não é mesmo?

Então, se não der para ir no próximo final de semana, sempre haverá outra oportunidade, já que morar na cidade implica em estar lá todos os dias.

E assim aquela visita ao novo restaurante descolado nos Jardins, a visita ao MASP ou o passeio noturno pelo centro de São Paulo fica para amanhã. E depois, e depois de amanhã…

Enquanto isso vamos desbravando Roma, Londres e até as distantes Ilhas Gregas.

Mas ir ao Museu do Ipiranga no sábado a tarde, nem pensar.

Esse pode esperar!

Talvez até possa mesmo. Mas, será que São Paulo não merece uma atenção maior, seja você morador como eu ou um visitante de passagem?

Oras, claro que SIM!

São Paulo e os encantos escondidos dos turistas desavisados

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0217

Para conhecer São Paulo a fundo, uma vida não basta.

Apesar de não possuir a beleza estonteante do Rio de Janeiro , as belas praias de Natal ou o clima descontraído de Floripa, Sampa tem lá seus encantos.

E não são poucos.

No entanto, a cidade só revela o segredo do seu charme para os olhos mais atentos.

Cantinhos escondidos que vão muito mais além dos tradicionais pontos turísticos, mostram que o potencial da cidade ainda passa desapercebido.

Mas para quem já entendeu o que acontece por aqui, sabe que pode passar anos e anos descobrindo novos lugares e se encantando toda vez, como se fosse a primeira.

Eu e o Daniel decidimos criar o Por Onde Andamos porque além de gostar de viajar muito, vimos uma oportunidade de conhecer a cidade que moramos (que como disse, conhecemos muito pouco).

O blog seria o incentivo ideal para conhecer São Paulo sob essa nova ótica. E tem sido exatamente assim.

Fiquei surpresa ao descobrir que não conhecia lugares como o Mercadão, a Casa das Rosas e Horto Municipal.

Lugares tão visitados por quem só passa alguns dias aqui.

Apesar de já ter riscado esses pontos da minha lista de lugares desconhecidos, ainda tem muito a conhecer.

Mas ainda bem que o “Vem pra Sampa Meu”, nos possibilitou descobrir mais alguns novos cantinhos escondidos por ai!

Quer conhecer São Paulo de verdade?

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0207

Justamente por acreditar que São Paulo tem tanto a oferecer mas ainda assim é esquecida pelos turistas que circulam pelo Brasil, que os donos dos blogs de viagem Coisos on the go, My Destination Anywhere e [Tô Pensando em Viajar] resolveram encarar a difícil missão de organizar um evento para outros 40 blogs de viagem para mostrar o que Sampa tem de melhor.

Assim nasceu o “Vem pra Sampa Meu”, evento que participamos no início de outubro.

Tarefa nada fácil, mas planejada e executada com perfeição e muito carinho pelos organizadores. Obrigada pessoal!!! : )

Fomos convidados a participar de uma intensa programação pela cidade que chamamos de “casa”, mas a qual não conhecemos nem o quintal.

Uma programação intensa durante todo o final de semana, com muitos passeios e muita caminhada!

Isso mesmo, apesar de eu concordar que São Paulo não é lá a melhor cidade para se andar a pé ou mesmo de bicicleta, dá para fazer. E não há melhor jeito de desacelerar e perceber os detalhes do que gastando a sola do seu sapato.

Então continue aqui com a gente para conhecer alguns dos encantos escondidos dessa metrópole, que descobrimos durante o Vem pra Sampa Meu.

Apesar de Sampa ser uma loucura, ao mesmo tempo esbanja riqueza cultural, gastronomia para todos os gostos (mesmo) e uma beleza singular.

O lado artístico de São Paulo

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0298

Dificilmente temos tempo para realmente prestar atenção em todas as cores e formas que fazem parte de São Paulo.

E ao contrário do que muitas línguas maldosas gostam de dizer por aí, Sampa não tem nada de cinza.

A profusão de cores, cultura e arte está espalhada por toda a cidade. Não só concentrada em galerias finas em bairros nobres.

Mas por todo o canto que se olhe. Pena que, às vezes, a gente passa sem nem prestar atenção.

São Paulo é a cidade que mais tem museus no mundo, ficando atrás apenas de Nova York, Londres, Berlim e Paris .

No entanto, as melhores obras de arte estão ali, a céu aberto e com entrada gratuita.

[Bem São Paulo Experience Store] foi um dos parceiros do Vem pra Sampa Meu e trouxe uma proposta de passeios guiados bastante inusitada e interessante.

A Bem São Paulo Experience Store é uma loja virtual que disponibiliza para a venda experiências na cidade de São Paulo criadas e produzidas por terceiros.

Participamos do tour “Arte por toda a parte”, criado pela Sylvia Werneck em parceria com a Bem São Paulo.

A proposta do passeio guiado era justamente conhecer o lado artístico de São Paulo. Ir um pouco além das galerias, museus e espaços culturais (apesar de fazerem parte da lista de lugares visitados também.

Separei alguns dos locais que conheci e que indico que você conheça também.

Arte debaixo da terra: Passagem Literária da Consolação

 

De longe a maior surpresa e a maior decepção dentre os lugares que tivemos a oportunidade de conhecer.

Não pela passagem em si, mas porque no dia do nosso passeio ela estava excepcionalmente fechada. Uma pena!

E surpresa porque eu nunca ouvi falar sobre a Passagem Literária da Consolação.

Construída na década de 70, a passagem subterrânea servia apenas para que pedestres pudessem atravessar a Rua da Consolação sem serem atropelados.

Porém, poucos realmente faziam uso da passagem, pela falta de segurança do local.

Somente quando a prefeitura decidiu revitalizar o local e fazer dele um espaço cultural que conta com algumas livrarias e muita arte por todos os lados.

Certamente vou voltar para conhecer melhor!

Endereço: Rua da Consolação Horário de funcionamento: seg a sexta das 7h às 20h e sábados das 10h às 20h.

Vista magnifíca de São Paulo no Bar Terraço Itália

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0246

O Terraço Itália é um dos maiores ícones de São Paulo. E oferece uma das vistas mais bonitas da cidade.

Nós tivemos o privilégio de conferir a beleza caótica de Sampa lá do alto, pois os organizadores do Vem para Sampa Meu preparam uma bela surpresa para os participantes lá no Bar do Terraço Itália.

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0236

Mas mesmo que você não tenha intenção de almoçar no restaurante ou tomar um drink no bar, ainda assim pode aproveitar a vista. Sem gastar absolutamente nada.

Só que para isso você vai ter que esperar até 2017, quando voltam as visitas gratuitas!

Endereço: Rua Ipiranga, 344. Horário de funcionamento: 12h às 23h.

Arte aberta ao público no RedBull Station

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0255

Difícil passar pela Praça da Bandeira e não notar o enorme casarão localizado bem ali.

O prédio, antes lugar da Estação Riachuelo, hoje abriga o Espaço Cultural da RedBull, a RedBull Station.

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0258

O lugar realmente tem arte por toda a parte, seja música, artes plásticas e até projetos inovadores de diversas áreas.

O público pode participar da programação gratuita oferecida pela RedBull, que inclui apresentações de poesia, palestras, sessões de cinema e até shows musicais.

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0265

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0278

Ou pode apenas aproveitar o charmoso café que fica dentro do espaço.

Para conferir a programação, basta acessar o site.

Almoço italiano no Villa Tavola

O bairro do Bexiga abriga o melhor da cultura italiana. E claro que uma das melhores características culturais de um país é a sua gastronomia.

Nada melhor do que apreciar a arte culinária italiana em uma cantina típica e tradicional do Bexiga.

O Villa Tavola convidou todos os participantes do evento para um almoço delicioso e recheado de boas calorias.

Valeu cada uma delas.

Endereço: Rua Treze de Maio, 848 Horário de funcionamento: 11h à 01h.

Beco do Batman

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0304

O Beco do Batman é uma das maiores provas que você não precisa gastar 1 real para poder apreciar arte.

Essa viela da Vila Madalena ferve nos finais de semana, lotada de jovens que vão ao local para tirar fotos das paredes grafitadas, encontrar os amigos e por que não beber uma cerveja gelada?

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0310

O nome deve-se justamente a uma das primeiras pinturas feitas no local, a do homem morcego.

Hoje a mistura de cores e de criatividade faz desse vielinha escondida, um museu a céu aberto.

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0323

Difícil mesmo é conseguir tirar uma foto dos grafites sem figurantes.

Mirante 9 de Julho

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0350

Na lista de lugares imperdíveis que visitamos com o Vem pra Sampa Meu está o Mirante 9 de Julho.

Curiosamente, outro local que foi do abandono total para revitalização.

Hoje conta com um café, o Isso é Café, restaurante, bar e espaço para eventos culturais.

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0354

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0358

Vale a pena acompanhar agenda no site para mais informações sobre a programação.

Endereço: R. Carlos Comenale, s/n Horário de funcionamento: terça a domingo, das 10h às 22h.

Paulista Aberta (ou seria fechada?)

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0324

E por último, mas certamente não menos importante, está a Avenida Paulista. Mais especificamente a Paulista Aberta.

Aos domingos você consegue conferir um lado completamente diferente de uma das avenidas mais movimentadas de São Paulo.

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0337

Não que o movimento por lá seja menor. Aliás, bem ao contrário, ele fica ainda mais intenso. Porém você vê pessoas e não carros.

E nada do corre corre da semana por lá. Todo mundo ali está sem pressa só querendo curtir a intensa programação cultural, que envolve apresentações musicais, feira de artesanato e várias opções gastronômicas nos Food Trucks em frente ao Shopping Paulista.

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0372

Vale sua visita nem que seja para finalmente conhecer sem interrupções, a avenida mais paulista de todas.

Horário de funcionamento: domingos das 9h às 17h.

Vem ser um turista em São Paulo você também

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0335

vem-pra-sampa-sao-paulo-por-onde-andamos-0328

O Vem pra Sampa Meu nos provou que ainda há muito a descobrir aqui em São Paulo e nós certamente vamos continuar engajados nessa missão.

Ficamos muito agradecidos pela oportunidade de participar de um evento tão bem organizado como esse, onde além de poder conhecer os cantinhos que mostramos a você, adquirir muito conhecimento e conhecer outras pessoas sensacionais e que como nós amam viajar!


Patrocinadores e Parceiros:

Relação dos parceiros do Vem pra Sampa, meu! 2016

Blogs participantes:

amandAqui /// Apure guria! /// Carta sem Portador /// Com os Pés no Mundo /// Cris pelo Mundo /// Da Porta Pra Fora /// De Cá Pra Lá /// Devaneios de Biela /// Dicas e Roteiros de Viagens /// Dicas Onde Ficar /// Dudu Afora ///Família Viagem /// Finestrino /// How To Travel Light ///Incríveis Lugares /// inRoutes /// Janela ou Corredor? /// Longe e Perto /// Marola com Carambola /// Me deixa ser turista /// Me Leva de Leve /// Mineiros na Estrada /// Nerds Viajantes /// Novo Caroneiro /// Por Onde Andamos /// RêVivendo Viagens /// São Paulo sem Mesmice ///Segredos de Viagem /// Trilhamarupiara diário de viagens /// Viagem em Detalhes /// Viagem Primata ///Viaja Bi! /// Viagens Cine /// Viagens da Mochilinha Gaúcha /// Viajando no Blog /// Viaje com a Flora ///Vícios de Viagem /// Vida Cigana

 

Santista “naturalizada” paulistana há 10 anos, amo essa cidade de paixão. E percebi que não conheci quase nada do que ‘”Sampa” tem para oferecer e não vejo a hora de mudar esse quadro. Ao mesmo tempo quero continuar a explorar o mundo e dividir minhas experiências, dicas e opiniões aqui para quem sabe conseguir incentivar mais e mais pessoas a fazerem o mesmo.

2 Comments

  1. Viajento 26/07/2017
  2. Antonio Ferreira 21/09/2017

Deixe um comentário